quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Novo de novo

Ano novo de novo, sem juras nem promessas
Que venham o bom e o simples
Asfalto, acostamento e café de beira de estrada
Cheiro de gasolina e pancadão das traquitanas carburadas
Frio na Anchieta
Pista em noite de lua cheia
Varanda e conversa na cozinha
Amor tórrido, vadio e desonesto (não custa repetir né?!)
Cheirinho de dormido e manhã de chuva para vadiar na cama
Tubaína, almoço na padaria, e coxinha no posto de gasolina
Fé, trabalho, danadice e marvadeza

*******
Making-off

Adri e Dani
Malvadões da Old Times
BMC ABC
Cangaceiro ( ..... mais obrigada....)

Obrigada, vocês sempre me salvam

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Quando amar

Que seja pelas contradições estampadas na pele e coração
Que cheire à estrada e Jack Daniel's
Que começe sem hora marcada na cozinha e termine no sofá
Que seja tórrido, vadio e desonesto
Que seja encardido e bandoleiro, mas que seja meu
Que teu desejo seja minha vontade
Que seja paz e vinho na varanda
Que seja fogo e motores estalando em qualquer lugar
Que seja nas curvas da madrugada ou no lençol da manhã.
Que seja cumplice sem medo
Que seja entrega sem teoria e ternura sem tédio
Que seja doçura, confiança e perdição
Que seja aceitação, redenção, e força
Que seja de verdade

Making-off
Confuso, acelerado e cheirando à gasolina

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Mais para Ântônio


SBC, 17 de novembro de 2011

Tóinho, eu mereci sua divina ira, (mas puta merda viu?!) nem quero saber o que o Sr falou para o meu Anjo da Guarda,
mas agora que estamos conversados, pode deixar que eu me viro.
Ah, uma coisa, ajuda a minha prima vá?!

Ela é linda, inteligente, legal, independente e maravilhosa e .. nem precisa tanto assim do Sr porque sempre se acertou, mas o Sr também mandou cada um pra ela... Esse último, esqueceu de checar a ficha né?!
Aquele lance de o Sr não delegar funções e ter aquele estagiário de merda fode a vida da mulherada. Sei que o Jorge é um briguento, mas a Mari é "curintia" e fã dele, vê se abre uma exceção e chama o cara.
Tem também a Nossa Sra de Fátima que é protetora da minha prima, da Fatinha o Sr gosta né?! Tá bom, tá bom, não é da minha conta...
O caso é que tem um Italiano gostosão na parada e a Mari acha o spudorato um gato, e quer passar férias na Sardenha, e... o Sr sabe?!
O Sr fala italiano né? todo Santo fala? a Matriz não é lá no Vaticano, não???
Seja como for será pode chamar a Fatinha e o Jorge para dar uma forcinha?

Brigadinha viu Tóinho, se ferrar a Mari, amarro dinamite em vossa santa imagem.


Making-off


Primoca, o Tóinho é o cara, mas o estagiário está foda!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

November Rain

É novembro e fez-se a tempestade
Pista molhada, doce reflexo daquilo que não pode ser
O que ficou por dizer o barulho da chuva calou
Esperança perdida em curva mal feita
Sono que não dorme, fome que não come
Fogo, fel, ira e dor
Gentlemans, tenho um inferno para apagar

Making-off
Não tem e que se foda tudo.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Duelo

Bandido, acende a faísca com gosto e deixa queimar
Desejo e entrega feito oponentes, flames na terra batida,
Jogo de poder, amor bandoleiro* faz da sedução desafio
Duelo de forças, gatilhos no velho oeste,
Voz que faz do teu domínio o meu querer,do teu gosto luxuria, do meu corpo perdição.
Alvorada de bandida em trégua quente, cintura atada em suas mãos

Making-off
Segundo meu mini dicionário Houaiss:

*Bandoleiro: trapaceiro, bandido, cangaceiro, inconstante no amor, errante
( não tenho nada haver com isto, está no dicionário)

Este é seu...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Carta de Antônio

Escritório Paraíso, Torre XIII, 03 de novembro 2011

Puta que pariu, mina, você está foda.
Eu te mando um monte de caras, tá certo que esqueci de checar as fichas de uns cabras
outros estavam no tempo errado, é que tô com excesso de trabalho.
O estagiário que contratei é uma bosta, eu tenho problemas em delegar funções, o Expedito é um apressadinho, o Jorge é um briguento e o Miguél é um mandão, valei-me Todo Poderoso que não dá para trabalhar com estes santissímos caras.
O caso é que avaliei o teu currículo:
Teimosa igual panhead empacadeira
Confusa feito chicote fuçado
Mais acelerada que motor fora de ponto
Cega feito uma porta, pior que viseira embaçada na neblina
Assim você só dificulta o meu trabalho, porra!
Designo um cara legal , você deixa passar, mando o cabra de novo, você surta.
Assim não dá, e ainda se acha no direito de me escrever cartinhas mal educadas, me afogar, futricar e amarrar dinamite em minha santa imagem? Hein ? Hein ? Se liga ôw!
Agora, o sagrado conselho: Vai lá e conserta, se vira, caralho!
No máximo, vou trocar uma idéia com seu anjo da guarda, e não abusa que gente te lasca!

Cordialmente
St Antônio

Making-off
@$#%$&*&*
Essa me dá trabalho, mas tenho fé.

domingo, 23 de outubro de 2011

Bad Day

Hoje o Demônio da Fúria assolou-me os pensamentos e plantou tempestade no coração
Depôs minhas armas, sublimou minha vontade e passou no moedor no que sobrou.
Verteram as lágrimas contidas a tempos, esfriou o motor.
"Cadeira elétrica" sem bateria, café quente junto às grades do
portão.
Vontade de torturar sem dó os relógios, afogar o despertador na privada.
Atear fogo nos sapatinhos de menina, picar os terninhos, largar as amarras no acostamento, acelerar sem olhar no retrovisor.
Prisioneira a escolher as prórias correntes, quebraria a casa toda não fosse a obrigação de consertar o estrago.
Pena ou sorte ou obra do demônio já citado a força definhou.

Making-off
É só um bad day - Preciso de um chocolate

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Maria Bonita

Maria Bonita é gasolina que ferve nas veias
Lua na varanda, Jack Daniel's
Motores estalando no território do cangaceiro
Acorda Maria Bonita
Na batida do Evo, acelerada na encrenca
Alvorecer, despedida selada pelo retrovisor.

Making-off

Valei-me Nossa Sra da Graxa!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Bilhete para Tóinho

SBC, Sexta feira 13 de outubro de 2011 - Lua Cheia.

Prezado Santo Antônio, vamos deixar de formalidade.
Ainda não sei se devo lhe agradecer.
É Tóinho, vai que o Sr acha que a missão tá finalizada, larga mão e fode tudo de novo...
Já avisei pra esse cabra que o Sr me mandou que ele é meu PP
Hein? Ah tá , o Sr já tinha me mandado o sujeito este ano, então deveria ter avisado, né porra!
Se o Sr me zuar outra vez, vou no teu santíssimo encalço.
Valei-me Nossa Sra da Graxa e meus Santos Briguentos se a hora de lamber asfasto chegar.

Making-Off

Agradeço ou espero mais um pouquinho?

PP - Prospect - Costa Lisa - quem não é nem meio escudo nem escudo inteiro - Pegou??

domingo, 2 de outubro de 2011

Só uma mina

É só uma mina que gosta de estrada, vento e acostamento, café, velharias, Harley Davidson, bikers, óleo e graxa.
Gasta o que ganha em gasolina e tatuagem.
Prefere ter onde andar que onde morar
Briga pelos amigos, fala palavrão por gosto
ama de amor encardido.
Acredita que lamber asfalto é melhor que vidinha morna e que coração ralado cura com viagem de moto e porre de Jack
Que é devota dos santos briguentos
É só uma mina que gosta de carburadores e escapes barulhentos, rock & roll e motores estalando.
É só uma mina que anda com os caras

Making-off

Orra, que deu trabalho achar "um" David Mann que fosse só uma mina.
Se existe, eu acho, tá aí...

Repente Encardido

Agora Malvadões a verdade vô contá

Viajá cô trem sobrenatural é bão e num tem o que fala.

Ô Tatais não vá à merda pega a moto e vem cá gente
A Nadir dá as ordens coela o negócio é deferente
Ela manda e ocê gosta...ocê tá mesmo é na bosta
Já o Hugo e a Tatá é um casar equilibrado
a moça vai di copilota e o cara é locão
Se ela num toma conta eles vai tudo pru chão
Êiiiiiita porra tem o Alê ca Jack na parada
que recolhero a minha capa de escape na estrada...
O Zoio levou a fía que era festa de famía
E o Tatu ca Adélia na garupa garradinha,
a mina parece quieta, mas manda na paradinha
O Mollambo puxa o trem e esquece dos retrovisô,
nóis corre tudo atráis dele pra chegá sem chororô

A Cassia que me discurpa mas eu vi o Jacaré atarracado cá Sukata, Deus ajude que num ata nem desata

A Helda e o Pc chegaro só pá conferi
e num creditaro na farra que tava ali
Tinha armoço caipira , violeiro e pinguinha,
tamém vou inventa umas moda e ganha uma graninha.
O Marcinho ca Natália paro pá vumita, nóis fico discunfiado e é mió num comentá...

Making-Off

Foi domingo 25 de setembro lá no Armazem do Limoeiro que vi os
dois repentistas caipiras Nenê e Toninho e fiquei com inveja ....


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Ultimato Antônio

Querido Santo Antônio, reconheço vosso empenho, visto qu,e o Sr até que se esforça em me arranjar companhia né?!
Brigadinga viu Tóinho, mas todos os marvados que o Sr me designou tem o mesmo irremediável problema:

Nenhum deles é AQUELE que eu te pedi no seu dia...

Isso Tóinho, AQUELE do qual lhe falei na nossa primeira correspondência, e na segunda e na terceira...
Desta forma terei que partir para a ação e aí, sem desdenhar de vossas santas habilidades alcoviteiras, precisaremos que o Expedito nos socorra, a gente chama o Jorge - para espantar as dragoas e o Miguel só pra garantir.
Ocê sabe né Toninho que os santos que usam armadura e capacete são foda.
Bora lá turma? Eu tô dentrão!!!

Making-off
Para quem não manja porra nenhuma de santisses

1- O Expedito é o das causas urgentes - tudo dele é pra hoje.

2- O Jorge é o guerreiro que mata dragão/dragõas - por acaso é o padrodeiro do Curintia.

3- O Miguel ( "foto" ao lado com legenda: Vai de uma vez mina) é o chefe das Legiões Celestes - se é para ficar na supervisão ele é o cara, diz que é o santo da proteção.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

É disso que eu tô falando Antônio!

Isso, isso, isso, é disso que tô falando Toinho!

O Sr. resolveu fazer jus a vossa santidade e mostrar o portifólio né?!
Mandou no meu trabalho um puta de um gostoso.
Eu e a Baixinha quase tivemos um treco, digo, dois trecos, sem falar na moça do financeiro que precisou de socorro profissional
Tem mais do mesmo?
Antônio já que você é fodão, MANDA MAIS !!!!!
Making-off
Toninho cá entre nós :

Pode me mandar um desse que dá e sobra.
Ainda tá de pé a oferta antiga: balinhas Sete bello e paçoquinha amor.

domingo, 21 de agosto de 2011

Qual é Antônio?

Prezado Sto Antônio o Sr só me fode!

Aquele marvadão que eu pedi em junho nem se sair chantilly da teta da vaca?!
Olha que faço vodu com vossa santa imagem.
Aí o Sr resolve esbanjar generosidade, me designa dois moços e esqueceu de checar as fichas dos cabras: Compromissados e juramentados não né?!

Depois me manda um vira-lata para roer osso, achei bão, ele sabe até cozinhar, é não é que o marvado me pede para passar o telefone dele para uma baixinha gostosa.
Até pensei em negociar a baixinha por um bombeirão, mas não quero saber dessas modernidades, vou mandar o cabra pedir ajuda pro Sr.
Qual é Antônio???
Puta merda, onde o Sr enfiou o lembrete que te deixei em julho?
Só tava afim de um marvado pra esquentar meu pezinho de vez em quando.

Making-off
Jorge, Miguel e Expedito, ó o Antônio me zuando!
!#@$#%&#¨@%$
Por Sugestão( vide comentários) Antônio, quer dar um rolê de harlão qué????

domingo, 14 de agosto de 2011

Rolê bandido

Duas traquitanas acelerando em sexta-feira de lua cheia
Vento teimoso entra pelas frestas do capacete
Manto de estrelas azul adentro
Acostamento do acostamento, café quente e motores estalando
Na volta, basta um solzinho de inverno a refletir na poeira dos cromados

Making-off
Em contas mal feitas: 3 sextas de lua cheia, otimizando os recursos + 4 sábados = 7 chances para fazer um rolê bandido ainda neste ano.
Aê marvado, já perdemos o solzinho de inverno

A foto, (pena, que não é minha) educadamente surrupiei na internet dum moço que chama Sergio Amorim

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Sobre saída de bar, ossos e vira-latas

Só cadeiras elétricas ligadas na calçada do boteco, barulheira de escape aberto, turma pronta para zarpar.
O vira-lata convida - vai que cola.
O osso, doido para topar, assustou e deu no pé.
Arrependimento bateu já nos primeiros 20m
Chuva fina na viseira, frio para caralho, o coração apertou mas não teve jeito.
Puta que pariu e agora?

Making-off
*&%$#@*&%$

Relação Vira-lata & Osso
O Vira-lata tem que correr atrás do osso, osso que vacila, dorme de pé gelado.
O osso vai no encalço do vira-lata? A grama vai comer a cabra? E o poste fazer xixi no cachorro?

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mijo, ou não mijo?


Ai!!! meu cofrinho, caralho... quebrei a bunda!
A cadeira espatifou com meus 50 kg de pura encardidagem, o guardião Jacaré não pode evitar minha queda.
Quem me viu, viu, quem não viu, perdeu.

Tombo de cadeira é um mico sem precedentes, prefiro mil vezes deixar a traquitana morrer no farol.
Paquerei um baldinho Jack Daniel's (porque só tio Jack salva)

O gerente da balada fez que não viu, e depois quis o balde de volta... um bico de Jack resolvia a pendenga, mas o cara manda prendê e manda sorta...

Ok lord, devolvo o balde, mas antes vou fazer xixi nele.

Eu só queria meu cofrinho ao gelo num baldinho style.
Desfile sútil até o banheiro das meninas, báia travada, bagunça de seguranças da porta para fora... nem te ligo
Momento de concentração: Mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo, não mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo...
Meu querido Anjo da Guarda: Livrai-me da minha inclinação para o mau, Amém - fui posta à prova.
Baldinho style na mão do segurança... no fundinho algo líquido, fluido, suspeito?

Não posso levar o baldinho Jack
Não posso ganhar um bico de Jack
Não posso fazer xixi no baldinho Jack
Não posso fazer nada que eu quero
Vou embora

Making-off
@#@%$%$&*$@#@

Garanto que se fosse na oficina Old Times o Marcinho me deixava fazer xixi no baldinho e levar o baldinho para casa ... e comer o baldinho se fosse do meu gosto! ( não nesta ordem)

Na saída, de prêmio de consolação, a Adri tirou dos alforges do caminhão novo (baita Heritage linda, fazendo jus à dona) uma penca de calça jeans semi-muito novas chiques e caras - Todas serviram cer-ti-nho!
(5 na mochila e 1 no corpo - não cabia tudo na mochila) Tk´s Dri!

No Trem Sobrenatural de 3, sentido ABC, a cadeira elétrica me judiou, uma paradinha para um café salvou a noite, Jacaré e Mollambo, vcs são foda!

Em tempo:

O Mollambo "no canto mais florido da balada" tomou um banho de coca-cola de uma "flor"... por motivos técnicos pagou meu cappuccino e puxou o trem.

O Jacaré, se não virou picolé na serra, há de se manisfestar

Meu querido anjo da guarda, obrigada por seu empenho, pior seria cocô no baldinho

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

MAIS

Após o deleite com alguns clássicos do século passado no parque Chico Mendes

Foi cerveja de litrão no boteco florido de piranh-up's e um rolê de cadeira elétrica na chuva
Mais Amigos, mais café e bluzeira sem miséria!
De volta ao ABC, motores estalando, mais chuva, mais frio, mais boteco.

Curte Raul Seixas???
Não, mas já tô molhada, com frio e não vou comer ninguém, o que me custa?

Making-off
Just Sportster's -Só cadeira elétrica e asfalto molhado

Domingão, mais frio, mais chuva, mais café, rango bacana, chocolate, vinho e violão, bão deMAIS da conta.
Tk's Gentlemans e Ladies

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Capitão, eu te amo !!!!

Descobri que amo cada pedacinho seu, tudo que você é, e onde me leva, melhor ainda uma parada fora da lei no acostamento do acostamento
Vulto do vale, assombrado pela luz preguiçosa da lua minguante
Cheiro orvalhado de mato, vento frio e aquele céu...
Até que enfim Minas Gerais ensinou a fronteira paulista a fazer aquele céu de inverno estreladão que só Minas Gerais sabia fazer.

Making-off
SP 008 Rodovia Capitão Barduíno, asfalto no caminho da carroça, eu te amo de dia, de noite, ou de madrugada.


quarta-feira, 20 de julho de 2011

Lembrete para Sto Antônio

SBC, 20 de Julho de 2011 a noite está nublada, e seria mais "produtiva" se o Sr. tivesse me dado uma forcinha.

Querido Sto Antônio lembra de mim? Escrevi uma cartinha para o Sr faz 39 dias e algumas horas.
Isso, sou aquela que prometeu não lhe enforcar, afogar, torturar ou coloca-lo em posições ingratas (mas sabe como é, situações extremas requerem medidas extremas) pedi uma ajudinha e convoquei o Expedito para auxilia-lo, visto que reconheço certa dificuldade na empreitada.

O caso é que não pegando nem resfriado, menos ainda aquele marvado do qual lhe falei.
Será que o Sr em sua infinita e sagrada sabedoria pode parar de atender aquelas malucas sádicas encalhadas e fazer uns acertos na sua agenda para chegar a minha vez?


####
Making-off

Tendes misericórdia e não dê ouvidos divinos aos Malvadões da Old Times, eles querem que o Sr me arranje um cara de ninjinha azul, aí não !

Antônio, minha oferta não mudou : rosa branca, vela colorida à sua escolha, e balinhas 7 Belo. Gostas de paçoquinha Amor???

Se o problema for o texto abaixo, é caso de exorcismo, deleto agora!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Eu, o demônio

Eu, o demônio em tua cama canto mil glórias*
Faço bravatas do teu prazer.
Seguro forte teus pulsos, concedo ao teu corpo chamas e a tua alma permito arder.
Evito o inferno dos teus olhos.
Eu, o demônio em tua cama perco o juízo


Making-off
*Li
a frase "Eu, o demônio em tua cama canto mil glórias" no face da Amanda, ela informou à tiazinha aqui que é letra de música do Dance Oficial Days (nunca ouvi falar)
Aproveitei, as mil glórias e
completei do meu jeito ...
Valeu Amandita!!!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Difícil

Trenzão de Cangaceiros fincado na Dutra, ritmo marcado no acelerador
Imponente, bonito de ver, melhor ainda de andar
Luz de inverno, vento frio, cabo quebrado, acostamento
Posto de gasolina, coca-cola, café, conversa boa
Serra das Araras e chegada barulhenta na Rua Ceará
Festa sem miséria, estragação, moedeira total e irrestrita na volta.
Difícil, difícil mesmo é tirar este sorriso da minha cara

Making-off
BMC ABC: tk's pelo convite e cuidado
BMC RJ: Parabéns pela festa
Saudações BMC SP e Paraná

Fotos? Estão na mente.

Uma Foto: Os caras largadões num bancão de madeira no posto de gasolina em algum lugar da Dutra.

Outra foto: Duas Bab Boys tomaram a dianteira, curvas em perfeita sintonia na luz da tarde.

sábado, 2 de julho de 2011

Amor de Antigamente


Papel amarelado feito mapa do tesouro
Nos arquivos da pasta marrom, as 3 cartas
Letra de formiga desencaminhada, e gramática sofrida, Belinha lá da Fazenda Esmeralda declara saudades e amor
Em apaixonada caligrafia magistral, Joãozinho Eletricista aqui do Cambuci prontamente responde saudades apocalípiticas e amor por toda vida
Maldito correio, que a resposta não chegou
Impetuosa, a pin-up caipira, mandou resposta da resposta não recebida
Ao ler, Joãozinho, quis mesmo é embarcar na Estação da Luz e descer na Estação Paula Lima consigo o álibe (rascunho da carta abduzida) e umas flores.

Making-off
Cronologia :
Carta da Belinha 11-03-1946
" .... tenho saudade e impreção que não sei mais viver sem voce a Helena até fica brava comigo porque só falo de você ...."

Rascunho da carta do Joãozinho- sem data - mas juro que respondeu na data do recebimento
".... Relembro os doces momentos em que estamos juntos... " "... Belinha volte, volte o quanto antes, que sem você não sou ninguém... "

Carta da Belinha ( aquela xingando ) 16-03-1946
"Estou cançada de esperar a resposta da carta que mandei dia 11 por isso quero saber se e falta de tempo ou mal vontade e assim que voce gosta de mim?...... " ... " vou no correio todos os dias só a espera de uma carta e volto muito triste ando 2 quilometros e nada... "

Viveram juntos por mais de 50 anos: Coragem de amar, amor dos bons, como se amava antigamente. Acredito que seja onde for continuam juntos...
Mordam os cotovelos: A s cartas estão em meu poder, mas futricar na pasta marrom sempre me leva às lágrimas
Em tempo: a foto é da estação Paula Lima - São José do Rio Pardo-SP

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Assalto

Senta à beira da luz e deseja tomar-lhe de assalto coração encardido.
Logo se põe a bolar uma estratégia para o roubo e a logística do crime.

Esmera-se em maquinar bem maquinadinho os estratagemas da ação: Onde, quando e como.
Almeja um tiro certeiro

Estrategista de araque, meio sem achar lugar, hora e jeito, desembainha as armas, faz que vai, mas fica.
Roda-presa, vento e segredo no acostamento

Making-off
Quando acha a hora, perde o jeito, quando arranja um jeito, a hora é imprópria e o lugar não colabora...

domingo, 12 de junho de 2011

Carta aberta para Sto Antônio

S.B.C , 12 de Junho de 2011. O dia está de Sol.

Querido Sto Antônio é público e notório que o Sr não está no meu rol de santos protetores visto que passei o dia dos namorados na estrada com os malvadões, e até puxei o trem, mas nada de beijo na boca.

Sem ofensas, sou mesmo fã dos santos briguentos: O Miguel, o Jorge e o Expedito, porque eles são foda e andam vestidos de armadura.

Não tenho imagem tua sob meu poder, mas juro bem juradinho que não lhe infligiria nenhuma tortura.

No seu lugar eu não arrumaria nem um canguru boxeador, quanto mais marido para as malucas que te afogam, enforcam, viram de ponta cabeça, chatageiam, ameaçam, torturam, futricam, e bolem com sua santa imagem, porque se elas fazem isto com o Sr que é santo, imagina o estrago na vida dos caras depois da (des) graça alcançada.

Mande para essas sádicas encalhadas um vibradorzinho bem vagabundo -sem baterias- e um bilhete mal educado, já basta.

Aproveitando a deixa, tô afinzona de um marvado, será que o Sr me dá uma forcinha?

Em troca ofereço rosa branca, vela colorida à sua escolha, e balinhas 7 Belo, topas?
Expedito, ajuda o Antônio vá?!

Making-off

Dia 13 de Junho é dia do Santo Antônio - Ladies, façam seus pedidos, sem judiar do santo.

domingo, 5 de junho de 2011

Menina-Luz

Memórias felizes de criança, baldinhos de praia, sol,areia e sal
Nos desejos de mulher, contradição, se põe a ninar o benefício da dúvida
resolve, desresolve, atende as urgências do desejo, espera a neblina passar.
Plenitude de menina-mulher brilha mesmo sem querer, brilha tão brilhadinho que não entende de onde vem seu poder.
Luz de dar inveja

Making-off

Mariana Menina-Luz

Primoca, no aniversário seu ano novo começa de novo, aproveita garota!
Brilhar é sua vocação, o resto é história.

domingo, 22 de maio de 2011

Vagas

Não aprende a praxe de substituir um pelo outro, esquivou-se da obrigação de esquecer
de forma que acaba por abrir novas vagas.
Gosto ou descuido é certo que não se trata de merecimento, e sim de algo insólito, fluído e sem sentido.
Aquele, ainda que sem pretensão, conquista, ou ganha um lugar, há de permanecer por tempo indeterminado, até virar um cheirinho doce e gostoso de melancolia, fotografia em P&B, fuligem e saudade encardida.

Making-off

Sem vontade de varre-los para fora, deixa-os feito manchas de óleo que não saem nem com gasolina nem com água raz.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ralado

Coração bandoleiro ralado de asfalto, feito à milanesa na brita.
Mais teimoso que mula empacadeira, acelerado na encrenca
Tempestade, ventão lateral, frio, canseira.
Pressão que ferve a gasolina nas veias, sem guarida, lambe o acostamento em curva mal feita
Volta pra pista, ignora os retrovisores, enrola o cabo outra vez.

Making-off

Corre nas veias gasolina, não molho rosê.
Vai ralando e sai faísca ...

terça-feira, 17 de maio de 2011

Ira

Ao atravessar a lama, fotografou a cena causadora da fúria
Bendita sejas tu Santa do Pau Duro, pendurada nas marmitas alheias.
No sorriso beato a promessa dos milagres à pronta entrega
Acendes velas que sabidamente não vais apagar
No seu encalço, o rastro da discórdia e o fervor da ira

Making-off
Desde o século passado a mesma estratégia de azedar o pé do frango.
Essa Santa é do Pau Duro ou do Cu Oco?

Na agenda do pecado ainda faltam:
Avareza e Gula

terça-feira, 3 de maio de 2011

Preguiça

Tarde gelada, chuva fina
Carcaças encaixadas, bagunça de pernas em estado de permissividade absoluta
Pé quentinho, conchinha, beijo bom.
Lençol vermelho from hell, vadiagem na cama.
Malícia indolente, cintura, chocolate, Jack Daniel's, controle remoto.
Cheiro de café, janela fechada faz que é noite, engana o dia.


Making-Off
Sequência lógica do pecado: Vaidade - Luxúria - Gula- Preguiça

Bang Bang ( My baby Shot me donw) Nacy Sinatra - Trilha sonora da preguiça emprestada dos filmes do Tarantino

Inveja

Tanta intimidade ao tocar no cabelo dela
Brincou inocente com seus lábios, futricou suas orelhas, mas deixou os brincos
Danado, espiou decote adentro
O jeito dele ao fitar a moça, me fez perder concentração, dor de cotovelo, inveja de moer.
Era puro amor
Peguei meu capacete e saí de fininho


Making-off

Fila de banco, mãe com o filhote no colo - puro AMOR - mesmo.

Vaidade

Viu-se no espelho, quis fazer algumas mudanças na lataria
Uns peitões para valorizar o produto.
Pintura personalizada, uns beiços à lá Jolie, olhos mais clarinhos e pele de fotoshop.
Talvez mais alta - Risos, só nascendo de novo...
Marcou uma sessão com o tatuador, lancou mão de artefatos causadores de engano - Rimel , gloss, saltão, calça de couro justinha, corpete,
sutiã de almofadinha (engana- trouxa)
Uma dose de ousadia, duas de irreverência, partida no Harlão e rua para um rolê cowboy.

Making-off
Vaidade sempre de braço dado com a Luxúria, uma não existe sem o outra

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Luxúria

Ao estender as mãos, foi pura tentação, sem medo, nem regras
Motores estalando, volúpia arruaceira
Olhos negros, desejo voraz estampado
Lábios, pescoço, ombros, perdição, caminhos decifrados aos pedaços
Precipício, calor, danadice, marvadeza.

Making-off
A Série 7 Pecados estreia com Luxúria - pecado favorito de muitos.

Segundo São Tomás de Aquino os Sete Pecados Capitais são:
  • Vaidade
  • Inveja
  • Ira
  • Preguiça
  • Avareza
  • Gula
  • Luxúria
É cada pecadinho divertido!

domingo, 10 de abril de 2011

Vai embora não...

Os Harlões infernizaram a noite da vizinhança na Mooca.
Mocinhos e marvados invadem os botecos da redondeza, é mancha de óleo pelo quarteirão todo.

Após a performance das moças de família em trajes sumários, quase isto, ou nem isto, a encardidagem deu andamento aos trabalhos - o Rock & Roll continua no palco da sede, rocker's, pin-up's e a bikerzada aceleram na farra.

Chuvinha pega-trouxa de madrugada, só para molhar o asfalto e trazer um friozinho bom, quem ainda estava na festa, ficou um pouco mais.

Vai embora não, quem sabe mais tarde não precisa ir...

@$#%&*!$@

Making-Off
Toda festa na sede da Mooca, lá pelas tantas, algum cangaceiro ajuizado, me manda ligar a moto e ir para casa, nunca teimei, não sei não, tô ficando mole!

Em tempo: Pin-up's o caralho, estava cheio é de piranh-up's !!!

BMC- 20 Anos SP - Churrasco - Cerveja - Bandas - Primas - Festa sem miséria! !

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Bandoleiro

Entardecer, vento doce no asfalto quente
O prazer das curvas conhecidas no recuo do acostamento
Coração bandoleiro, livre e viajante encontra paz acelerando às margens do vale
Ao alcance da vista, a próxima cidade, portal, lombadinha, fonte e cachoeira
Água teimosa que martela as costas e arrasta rio abaixo a poeira da estrada.
Canseirinha boa em noite de lua.

#@$¨&%#@!@%

Making-off
Não tem nem precisa
Como a curiosidade matou o gato, a estradinha é a Capitão Barduíno (SP-08?)

quinta-feira, 17 de março de 2011

Quatro Cavaleiros

Partem com o verão os Quatro Cavaleiros do Apocalípse

O Cavalo Branco e seu comparsa mascarado, Cavaleiro poderoso, falso inocente, doce, sempre pronto a conquistar, passou lotado outono adentro.

Cavaleiro da Guerra insatisfeito em seu eterno magoar, deu no pé a bordo do Cavalo Vermelho, e ao transpor a fronteira, sem querer, outorgou a paz que usurpou na chegada.

Conforme a tradição, o próximo Cavaleiro - Fome ,volúpia, desejo, puxa as rédeas do Cavalo Negro e reluta em seguir sem provar.

Dominando o Cavalo Baio vem o último Cavaleiro, remotamente mistura dos precedentes, atrevido e sedutor impetuoso, escancarado em seus olhos verdes-turvos o desejo de possuir.

#@$%&*$#@

Making-Off

Ou veste a carapuça ou deixa pra lá...

Trilha Sonora: Ghost Riders In The Sky - Johnny Cash

Em tempo: Aos que acompanham o blog, é uma honra ter vocês aqui, aos novos, boas vindas, e a todos que curtem meus agradecimentos, já quem não gostou ... que se lasque!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Democracia

Saudade dos bonitos, dos nem tanto
Daqueles que tiveram tudo, dos que tiveram menos.
Lembranças daqueles que pertenceram ou possuiram, saudade encardida de quem teve coragem para ambos, saudadinha dos covardes também.
Saudade da conchinha de muitas noites e das farras de uma noite só, das manhãs de vadiagem, dos perfumes, do cheiro de estrada, do cheiro e pronto.
Saudades dos bandidos, dos mocinhos , dos gostosos, dos divertidos, dos quietões, dos indecisos, dos rabugentos, dos desavisados, dos poderosos, dos lords e dos marvados...

Making-off

Saudade : sentimento nostálgico *democrático e suave ligado à memória de alguém ou algo ausente ( Fonte: meu surrado Mini Houaiss - até no dicionário a saudade é saudade )
* por conta da Encardida

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Soro"Cuba"

Imagem insótita - Cuba dos anos 50 - culpa da trilha sonora e das carangas clássicas.

Próximo aos trilhos, a encardidagem foi recebida pelos donos da festa.

O belissímo galpão OldKick recheado de motocas, Rat Rods, tudo de encher os olhos.
Cobicei também um São Jorge exibido - guardião das "velharias"

Making-off

Fez-se a luz e o domingo foi salvo: Harlões na pista com destino à Sorocaba.
Sem falar nas paradinhas do Eullão para o cafezinho.
Demora, mas a gente chega!!!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Chuveiro

Motores estalando

Anéis jogados na mesa de vidro , botas viradas no tapete, às roupas encardidas o mesmo destino.

Cabelo molhado, shampo, sabonete

Box adentro, parede gelada, vapor, água quente

♥%$♥%#♥@*&
Making-off

Não tem e pronto.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cuecas ao mar

Depois da mexican food, rolou uma volta nas traquitanas, algumas cervejas e Rock & Roll , finda a balada na vila a rabo-duro puxou o trem.

Ainda na madrugada, decidiu-se pela farra na praia

Uma a uma foram-se as bermudas ao chão e as cuecas ao mar, quem não estava de cueca foi de calcinha mesmo.
Um cara comportado nadou pelado, digo, de óculos, alegou falta de cuecas na bagagem.
Já outro mais extrovertido correu peladão sob o luar.

Um bonitão - também em trajes sumários ousaria invadir a balada tecneira, por uma onçinha - Dó, quem pagaria pra ver, e tiraria o cara da jaula depois, largou a carteira na moto.

Making-off
FVMC- Fuleragem sem miséria nas praias da Ilhabela.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Macarrão e coca-cola

Banho quente, shortinho justo, camiseta branca colada no corpo, nuca a mostra.

Cozinha hostil. Macarrão e coca-cola – banquete.

Harley Davidson na garagem, calça jeans surrada e suja, cheiro de estrada no corpo.

Morde nuca, abre zíper, abaixa o shorts.

Estou com fome.

Então me come outra vez, que o macarrão não tá pronto...

Making-Off

Não tem , nem interessa

Grudadin

(Recomendação para leitura: lerfalanobembaxin)

Danadibomesselugarnomeidiminisgerais
Dondetemunsbichinbãodemaisdaconta
Bunitusfeitomotordiharleydavis
Atentadosquinembandidudifirmidibang-bang

@#%&%@#
Making Off

faztempo, sóagoradeuvontadiescrevinha

Guimarães Rosa Grande Mestre do Sertão, quiperdoiessaprosadiscabida: lembreidograndsertãoveredas prainscrivinhainmineres parecenoalemão caspalavratudugrudadin...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

A vida Secreta dos objetos perdidos

Nasceu na itália, é andarilho cobiçado, passou pelas melhores escolas, elitista, esnobe, lindão.

Viajou de motocicleta , conheceu o mundo encardido, mas creio que não ficou.

Resolveu passar uma temporada nas praias do litoral sul, partiu sorrateiro em nova aventura.
Por onde passou, onde foi, com quem está agora?

♥♥♥♥
Making-off

Armani, paquerei um na vitrine e achei outro igual na porta da ESPM, após uma temporada, o ingrato me deixou.
Perdi-o num evento de motos em Caraguá , óculos escuros marvados, fizeram-me falta na viajem de volta.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Asfalto

Depois da entrega, foi pura curva com óleo em dia de chuva.

Inevitável lamber um pouco de asfalto, não faltou honra nem coragem.

Sobrou mesmo foi vontade e saudades da ferrugem.

Making-Off

@#$%¨&*¨%$#!