domingo, 12 de junho de 2011

Carta aberta para Sto Antônio

S.B.C , 12 de Junho de 2011. O dia está de Sol.

Querido Sto Antônio é público e notório que o Sr não está no meu rol de santos protetores visto que passei o dia dos namorados na estrada com os malvadões, e até puxei o trem, mas nada de beijo na boca.

Sem ofensas, sou mesmo fã dos santos briguentos: O Miguel, o Jorge e o Expedito, porque eles são foda e andam vestidos de armadura.

Não tenho imagem tua sob meu poder, mas juro bem juradinho que não lhe infligiria nenhuma tortura.

No seu lugar eu não arrumaria nem um canguru boxeador, quanto mais marido para as malucas que te afogam, enforcam, viram de ponta cabeça, chatageiam, ameaçam, torturam, futricam, e bolem com sua santa imagem, porque se elas fazem isto com o Sr que é santo, imagina o estrago na vida dos caras depois da (des) graça alcançada.

Mande para essas sádicas encalhadas um vibradorzinho bem vagabundo -sem baterias- e um bilhete mal educado, já basta.

Aproveitando a deixa, tô afinzona de um marvado, será que o Sr me dá uma forcinha?

Em troca ofereço rosa branca, vela colorida à sua escolha, e balinhas 7 Belo, topas?
Expedito, ajuda o Antônio vá?!

Making-off

Dia 13 de Junho é dia do Santo Antônio - Ladies, façam seus pedidos, sem judiar do santo.