quinta-feira, 28 de julho de 2016

O Borracheiro

Frango caipira com síndrome do pânico, cachorro brabo saindo de fininho e mula mansa mais empacada que Panhead temperamental,  são provas irrefutáveis de lobisomem no perímetro. 
As feições encovadas,  barba de sobra ,  braço peludo e cara suja de graxa não contribuem em juízo contrário. 
Noite de lua cheia o Borracheiro,  amunta na cinquentinha e açulera para o sítio, afim de uivar em paz, devorar uns frangos crus e quentes e tocar o terror nos cachorros da área - programão, ou quem sabe rolar e coçar as costas no terreiro de café e finalizar o banho de lua capotado com as quatro patas para cima - gostoso. Talvez encontrar uma Lobismina para um flerte selvagem e irresponsável - mais gostoso. 
Sei não, o fato é que passados muitos anos o Borracheiro abriu uma bicicletaria bonita na cidadezinha, ninguém mais tem medo de lobisomem, os negócios vão bem e pronto. 


Making-Off 
Não tem, e não adianta perguntar qual é a cidade.  


  
Não há fotos de lobisomem andando de cinquentinha
http://www.yoshihitotomobe.com/yoshihito/vibes%2001/z226.htm