quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mijo, ou não mijo?


Ai!!! meu cofrinho, caralho... quebrei a bunda!
A cadeira espatifou com meus 50 kg de pura encardidagem, o guardião Jacaré não pode evitar minha queda.
Quem me viu, viu, quem não viu, perdeu.

Tombo de cadeira é um mico sem precedentes, prefiro mil vezes deixar a traquitana morrer no farol.
Paquerei um baldinho Jack Daniel's (porque só tio Jack salva)

O gerente da balada fez que não viu, e depois quis o balde de volta... um bico de Jack resolvia a pendenga, mas o cara manda prendê e manda sorta...

Ok lord, devolvo o balde, mas antes vou fazer xixi nele.

Eu só queria meu cofrinho ao gelo num baldinho style.
Desfile sútil até o banheiro das meninas, báia travada, bagunça de seguranças da porta para fora... nem te ligo
Momento de concentração: Mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo, não mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo, não mijo, mijo...
Meu querido Anjo da Guarda: Livrai-me da minha inclinação para o mau, Amém - fui posta à prova.
Baldinho style na mão do segurança... no fundinho algo líquido, fluido, suspeito?

Não posso levar o baldinho Jack
Não posso ganhar um bico de Jack
Não posso fazer xixi no baldinho Jack
Não posso fazer nada que eu quero
Vou embora

Making-off
@#@%$%$&*$@#@

Garanto que se fosse na oficina Old Times o Marcinho me deixava fazer xixi no baldinho e levar o baldinho para casa ... e comer o baldinho se fosse do meu gosto! ( não nesta ordem)

Na saída, de prêmio de consolação, a Adri tirou dos alforges do caminhão novo (baita Heritage linda, fazendo jus à dona) uma penca de calça jeans semi-muito novas chiques e caras - Todas serviram cer-ti-nho!
(5 na mochila e 1 no corpo - não cabia tudo na mochila) Tk´s Dri!

No Trem Sobrenatural de 3, sentido ABC, a cadeira elétrica me judiou, uma paradinha para um café salvou a noite, Jacaré e Mollambo, vcs são foda!

Em tempo:

O Mollambo "no canto mais florido da balada" tomou um banho de coca-cola de uma "flor"... por motivos técnicos pagou meu cappuccino e puxou o trem.

O Jacaré, se não virou picolé na serra, há de se manisfestar

Meu querido anjo da guarda, obrigada por seu empenho, pior seria cocô no baldinho