terça-feira, 3 de maio de 2011

Inveja

Tanta intimidade ao tocar no cabelo dela
Brincou inocente com seus lábios, futricou suas orelhas, mas deixou os brincos
Danado, espiou decote adentro
O jeito dele ao fitar a moça, me fez perder concentração, dor de cotovelo, inveja de moer.
Era puro amor
Peguei meu capacete e saí de fininho


Making-off

Fila de banco, mãe com o filhote no colo - puro AMOR - mesmo.